CapaNova Espaço das Profissões

A Regional Responde: formas de ingresso na Regional Goiás da UFG

Por João Paulo Lopes Machado. Criada em 21/05/20 10:27. Atualizada em 21/05/20 15:18.

Perguntas e respostas mais frequentes sobre as formas de ingresso na Regional Goiás da UFG

Cursar o Ensino Superior é um sonho para muitos, mas também há muitas dúvidas sobre os modos de ingresso na Universidade Federal de Goiás. Pensando nisso, a Coordenação de Graduação da Regional Goiás elaborou esse tópico de perguntas frequentes para informar e garantir que todos tenham acesso a informações fundamentais ao ingresso na UFG.

 

1- Quantos cursos são ofertados pela UFG na Cidade de Goiás?

A Regional da cidade de Goiás oferta 7 cursos de Graduação, são eles: Administração, Arquitetura e Urbanismo, Direito, Filosofia Licenciatura, Filosofia Bacharelado, Licenciatura em Educação do Campo e Serviço Social.

 

2- Para além do Espaço das Profissões, é possível conhecer de perto as Graduações?

A UFG é uma Universidade pública, gratuita e de excelência, mais além está aberta para recepcionar a população a qualquer momento. Se o Espaço das Profissões te despertou o interesse em conhecer mais dos nossos cursos e estrutura, saiba que sua presença é bem vinda em nossa Regional.

Atualmente, a UFG funciona em duas Unidades na Cidade de Goiás.

Na Unidade Acadêmica Especial de Ciências Humanas são ofertados os cursos de Filosofia Licenciatura, Filosofia Bacharelado e Licenciatura em Educação do Campo.

Na Unidade Acadêmica de Ciências Sociais Aplicadas são ofertados os cursos de Administração, Arquitetura e Urbanismo, Direito e Serviço Social.

 

Confira abaixo os endereços abaixo e venha nos fazer uma visita:

Unidade Acadêmica Especial de Ciências Humanas

Praça Brasil Ramos Caiado, nº 35, Centro.

Telefone: (62) 3372-1440 (Secretarias dos cursos de Filosofia e Licenciatura em Educação do Campo)

 

Unidade Acadêmica Especial de Ciências Sociais Aplicadas

Avenida Bom Pastor, S/N, Bairro Areião.

Telefones: (62) 3371-2900 (Diretoria) / 3371-1511 (Secretarias dos cursos de Administração, Arquitetura e Urbanismo, Direito e Serviço Social)

 

3- Você sabia que a UFG também possui uma biblioteca aberta ao público na Cidade de Goiás?

Não há nada melhor para conhecer o ambiente Universitário e se preparar para o ingresso do que acessar a biblioteca da UFG. A Regional da Cidade de Goiás possui um prédio próprio para sua biblioteca, inteiramente pensado para esse uso e aberto à população. Venha conhecer o acervo e a estrutura da Biblioteca Cajuí que conta, inclusive, com sala de estudos 24 horas.

Biblioteca Seccional Regional Goiás - Cajuí (BSRGO Cajuí)

Av. Dr. Deusdete F. de Moura qd. 05 lt. 04 Leste, Centro
Telefones: (62) 3371-2741

Cidade de Goiás – Goiás – Brasil

CEP: 76600-000

 

4- Escolhi a minha graduação, como ingressar?

A maior parte dos cursos ofertados pela UFG tem o ingresso realizado pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU), organizado pelo Ministério da Educação (MEC).

Qualquer pessoa que já tenha concluído ou esteja concluindo o Ensino Médio pode realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que é o instrumento de seleção utilizado pelo SiSU.

Os ingressos nos cursos de graduação da UFG na cidade de Goiás são anuais, desse modo, se você pretende ingressar na UFG em 2021, é necessário fazer o Enem de 2020!

Fique atento aos prazos de inscrição, eles se encerram no dia 22 de maio de 2020!

Para maiores informações, acesse o site: https://enem.inep.gov.br/

 

5- Todos os cursos de graduação têm seu ingresso pelo SiSU?

Não. Se você tem a intenção de ingressar em um curso de graduação da UFG, informe-se bem acerca do modo de ingresso.

Dos 7 cursos ofertados pela UFG na Cidade de Goiás, 6 têm o seu ingresso pelo SiSU: Administração, Arquitetura e Urbanismo, Direito, Filosofia Licenciatura, Filosofia Bacharelado e Serviço Social.

O curso de Licenciatura em Educação do Campo tem um método de ingresso específico que ocorre por meio de inscrição no Edital do Programa de Licenciatura em Educação do Campo e aprovação no Processo Seletivo Específico (Vestibular), que ocorre duas vezes ao ano.

Para maiores informações sobre os cursos de graduação da UFG que não têm acesso pelo SiSU, acesse o site: https://sisu.ufg.br/cursos-n%C3%A3o-contemplados-pelo-sisu/cursos-da-ufg-nao-contemplados-pelo-sisu.html

 

6- Tenho vontade de fazer uma segunda graduação na UFG, o Enem é o único caminho?

Não. Se você é portador de diploma existe uma segunda via de ingresso na UFG, para além do Enem: trata-se de uma das modalidades de preenchimento de vagas remanescentes. Vagas remanescentes são aquelas que não estão ocupadas nos cursos de graduação, para as quais são elaborados processos de preenchimento específicos. Há um mínimo de percentual dessas vagas a ser destinado por processo seletivo de portadores de diploma, regulado por edital específico.

Fique atento aos editais que são lançados pelo Centro de Seleção da UFG no seguinte site: https://centrodeselecao.ufg.br/2020/ps-portador-diploma/

 

7- Estudo em outra instituição de Ensino Superior e gostaria de ingressar na UFG, o Enem é o único caminho?

Não. Se você está regularmente vinculado em outra instituição de Ensino Superior e deseja mudar para o mesmo curso, ou para cursos do mesmo grupo, que chamamos cursos afins, é possível pleitear uma vaga através de processo de transferência. A partir das vagas remanescentes da UFG, ocorre uma vez por ano e sempre no segundo semestre um edital para transferência.

Se você tem interesse de ingressar na UFG por essa via, fique atento às informações disponibilizadas no site do Centro de Seleção da UFG: https://www.cs.ufg.br/news?direction=desc&sort=journal_news.updated_at&tags=ProcessosSeletivos

 

8- Cursei todo o Ensino Médio em Escola pública, é possível ingressar na UFG pelas cotas?

Sim! Se você cursou integralmente todos os anos do Ensino Médio em escola pública, pode optar por entrar no SiSU nessa modalidade de cotas, concorrendo à vaga no curso de graduação escolhido somente com os candidatos que apresentam a mesma condição de formação.

A condição de curso integral do Ensino Médio em Escola Pública é verificada pela Comissão De Escolaridade, por meio de documento apresentado pelo candidato em que se especifique de forma clara em qual escola foi realizada cada série do Ensino Médio, seja Histórico, ou Declaração emitida pelas instituições.

Vale lembrar que NÃO poderão concorrer às vagas nessa modalidade de cotas:

  1. Estudantes que tenham cursado parte do Ensino Médio, ainda que com bolsa, em Escolas Particulares;
  2. Estudantes egressos de escolas comunitárias, filantrópicas ou confessionais, pois são consideradas instituições privadas de ensino;
  3. Os que tenham estudado em escolas estrangeiras e em escolas conveniadas.

9- O que são cotas?

Cotas são ações afirmativas destinadas a reduzir desigualdades sociais, econômicas e educacionais. O sistema de cotas reserva vagas nas Universidades públicas para candidatos que se enquadram em diferentes categorias: cursaram todo o ensino médio em escola pública, são estudantes de baixa renda, negros (pretos e pardos), indígenas e pessoas com deficiência.

As cotas nas Universidades são reguladas pela Lei de Reserva de Vagas, mas a UFG também possui um programa específico chamado UFGInclui, que garante uma vaga extra em cada curso de graduação para indígenas e negros (pretos e pardos) quilombolas.

Se você tem a intenção de ingressar na UFG pelo Programa UFGInclui, fique atento aos editais disponíveis no site do Centro de Seleção da UFG: https://www.cs.ufg.br/news?direction=desc&sort=journal_news.updated_at&tags=ProcessosSeletivos.

A Regional possui um podcast especial sobre as cotas raciais. Confira: 

https://anchor.fm/regionalgoiasufg

https://open.spotify.com/show/0KdB2ZTz6XlGEws4G5LT6X?si=nm_DxoYyRwWvbuIht4N35Q

 

10- Como ingressar pelas cotas na UFG?

Na UFG, é possível ingressar por cotas por meio dos seguintes processos seletivos:

  1. Sistema de Seleção Unificada (SiSU) – gerenciado pelo MEC (Ministério da Educação), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior aos estudantes participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e que tiveram nota superior a zero na redação. O candidato deve definir se deseja concorrer a vagas de Ampla Concorrência ou a vagas da Lei de Reserva de Vaga.
  2. Programa UFGInclui – Programa de inclusão específico da UFG que cria, em cada curso de graduação da Universidade uma vaga extra para indígenas e uma vaga extra para negros (pretos e pardos) quilombolas, que tenham cursado o Ensino Médio integralmente em escola pública e tenham prestado o Enem. O programa oferece também 15 vagas para surdos no curso de Letras: Libras.

A Regional possui um podcast especial sobre as cotas raciais. Confira: 

https://anchor.fm/regionalgoiasufg

https://open.spotify.com/show/0KdB2ZTz6XlGEws4G5LT6X?si=nm_DxoYyRwWvbuIht4N35Q

 

11- Cursei todo o Ensino Médio em Escola Pública e sou estudante negro (preto ou pardo) ou indígena, é possível ingressar na UFG pelas cotas raciais?

Sim! As cotas raciais são reservas de vagas para grupos étnico-raciais como as populações negras e indígenas, que sofreram um processo de exclusão ao longo da história do Brasil. Se você é estudante negro (preto e pardo) ou indígena, o acesso pelas cotas raciais é um direito seu.

Você pode se autodeclarar negro (preto e pardo) ou indígena através de documento constante no anexo do Edital do SiSU.

Após a autodeclaração, o candidato é submetido ao procedimento de Heteroidentificação, conduzido pela Comissão de Heteroidentificação da UFG. A verificação é realizada por meio de entrevista presencial e análise de documentação. A comissão leva em conta as características observáveis, os aspectos fenotípicos do candidato, em um procedimento que lhe garante o contraditório e a ampla defesa, mas que também visa a fiscalizar e garantir a aplicação das políticas de ações afirmativas e evitar fraudes.

A Regional possui um podcast especial sobre as cotas raciais. Confira: 

https://anchor.fm/regionalgoiasufg

https://open.spotify.com/show/0KdB2ZTz6XlGEws4G5LT6X?si=nm_DxoYyRwWvbuIht4N35Q

 

12- Você sabia que metade das vagas destinadas aos estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas é destinada a candidatos com renda bruta familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita?

É verdade! Essas são as cotas sociais e se você se encaixa nessa característica pode pleitear o ingresso por essa modalidade. A comprovação dessa condicionante é feita pela Comissão de Análise da Realidade Socioeconômica mediante a avaliação da documentação determinada pelas respectivas Portarias Normativas do MEC e também pelos Editais da UFG.

O candidato precisa estar atento a duascondições:

  1. O seu grupo familiar, ou ele próprio, pode se incluir em mais de um tipo de atividade na comprovação da renda, sendo obrigatória a comprovação de todas as rendas com apresentação de documentos;
  2. Para candidatos solteiros e sem renda própria, independente da idade, será solicitada a documentação de comprovação de renda do grupo familiar de origem, mesmo quando o candidato residir em domicílio diferente dos pais e familiares.

 

13- Você sabia que existe uma modalidade de cotas de ingresso para pessoas com deficiência?

Elas são direito de quem tem baixa visão, cegueira, deficiência auditiva, surdez, deficiência física, deficiência intelectual e deficiências múltiplas. Mas é importante destacar que para acessar a essas vagas o candidato deverá ter cursado o Ensino Médio Integralmente em Escola Pública.

A comprovação da condição do candidato é feita através da apresentação de laudo médico no modelo fornecido pela UFG. Também deverá ser apresentados exames complementares descritos no Edital do SiSU UFG.

Os candidatos nessa modalidade de cota, deverão se apresentar para entrevista à Comissão de Verificação da Condição de Deficiência.

 

14- Acessibilidade e inclusão é um compromisso da UFG!

A UFG tem um Núcleo de Acessibilidade que é responsável pelo atendimento aos estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação. No Núcleo, os estudantes recebem acompanhamento psicopedagógico e são encaminhados para outros atendimentos disponíveis na Universidade, conforme suas necessidades educacionais específicas, como interpretação de Libras e adaptação de materiais.

Conheça o Núcleo de Acessibilidade da UFG na Cidade de Goiás, ele se sedia na Biblioteca Cajuí.

Biblioteca Seccional Regional Goiás - Cajuí (BSRGO Cajuí)

Av. Dr. Deusdete F. de Moura qd. 05 lt. 04 Leste, Centro
Telefones: (62) 3371-2741

Cidade de Goiás – Goiás – Brasil

CEP: 76600-000

Para maiores informações, acesse o site do Núcleo de Acessibilidade da UFG: https://www.acessibilidade.ufg.br/

 

15- Ainda tem dúvidas com relação ao ingresso, à permanência e à vida universitária?

O Espaço das Profissões é o seu lugar! Você nos ajuda a construir esse evento!

Envie suas dúvidas para o email: espacodasprofissoesgoias@gmail.com

Nós te responderemos e ainda disponibilizaremos conteúdo orientado por sua dúvida no site e nas redes sociais.

 

16- Podemos te fazer um convite?

A UFG preparou uma série de ficção que visa a divulgar de modo simples e atrativo os cursos, as formas de ingresso e as diversas ações desenvolvidas pela Universidade Federal de Goiás para acesso, permanência e êxito acadêmico de seus estudantes.

Confira esse trabalho que se chama “Estude na UFG. A UFG É PRA VOCÊ!” no site https://estudenaufg.prograd.ufg.br/

 

E não se esqueça: O QUE VOCÊ QUER SER?

 

 

Fonte: João Paulo Lopes

Categorias: destaque