Weby shortcut
Youtube da UFG
TV UFG
Rádio Universitária

Histórico

Por Vitor Sousa Freitas Atualizado em 14/03/16 09:17.

A Regional Goiás possui uma história peculiar no âmbito da UFG. No ano de 2009 foi criado o Câmpus da Universidade Federal de Goiás (UFG), na Cidade de Goiás, mas a história da educação superior em terras vilaboenses remonta ao ano de 1898, época em que a antiga capital da província de Goyaz recebeu o 6o curso de Direito do país, dando, posteriormente, origem à Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiás. Com a transferência da capital do Estado em 1937, a Faculdade de Direito passou a funcionar em Goiânia. Importante ressaltar também que ao final do século XIX existia na cidade de Goiás a Faculdade de Pharmacia e Odontologia.

Um século depois, no ano de 1989, foi assinado um convênio entre a Prefeitura da Cidade de Goiás e a UFG para que, em 1990, começasse a funcionar, na antiga capital do Estado, uma Extensão da Faculdade de Direito de Goiânia.

Em 2008, a Faculdade de Direito decide criar, na cidade de Goiás, dentro do Projeto Reuni, o Curso de Serviço Social. No mesmo ano, a antiga Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia propõe a criação do curso de licenciatura em Filosofia. No ano seguinte, 2009, o Câmpus Cidade de Goiás, o CCG, passa a funcionar com três cursos de graduação: Direito (60 vagas), Filosofia (50 vagas) e Serviço Social (50 vagas). Os três cursos funcionam até hoje no período noturno.

Antes, em 2007, ocorreu o primeiro processo seletivo para a turma especial de Direito, denominada professor Evandro Lins e Silva, em parceria com o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera). Entre 2007 e 2012, a turma era composta por um total de 57 estudantes, todos assentados da reforma agrária, agricultores familiares e/ou filhos de trabalhadores rurais. Os acadêmicos eram oriundos de 19 estados brasileiros e com idades variando entre 20 e 40 anos.

Em 2013, três novos cursos de graduação começam suas atividades: Administração (50 vagas), que funciona desde o 1o semestre de 2013, no período matutino; bacharelado em Filosofia (50 vagas), que iniciou no 2o semestre de 2013, no período noturno; e Licenciatura do Campo em Ciências da Natureza (120 vagas - 60 semestrais), na modalidade Pedagogia da Alternância (Tempo Universidade e Tempo Comunidade).

Em 2014, novos desafios foram lançados. Pela normativa do novo Estatuto da UFG, o Câmpus Cidade de Goiás (CCG) tornou-se Regional. A implantação do Regimento trouxe a criação das Câmaras (ou Coordenações) de Graduação; Pesquisa e Pós-Graduação; e, Extensão e Cultura. Na mesma época, foram criadas também duas Unidades Acadêmicas Especiais: Unidade de Ciências Humanas e Unidade de Ciências Sociais Aplicadas. No período de 2009 a 2014, a UFG Regional Goiás duplica o número de estudantes matriculados e de professores efetivos, quintuplicando, assim, sua oferta de vagas.

Arquitetura e Urbanismo é o curso mais recente. Com ênfase em Planejamento Urbano, o novo curso começou suas atividades no primeiro semestre de 2015, em período integral, disponibilizando um total de 30 vagas. Apesar de começar em 2015, Arquitetura e Urbanismo foi aprovado no ano anterior.

Este ano também, aconteceu o processo seletivo para a 2a turma Especial de Direito exclusiva para beneficiários da reforma agrária e agricultores familiares. Em 2016 ingressam na universidade 60 novos alunos advindos de Estados como Espírito Santo, Piauí, Pernambuco, Mato Grosso, São Paulo, Minas Gerais e Maranhão. A parceria com o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera) do INCRA é fundamental para estabelecer a turma.

Atualmente, a Regional Goiás conta com cerca de 1000 alunos matriculados em sete cursos de graduação: Administração, Arquitetura e Urbanismo, Direito, Direito (Pronera), Filosofia (licenciatura e bacharelado), Licenciatura em Educação do Campo e Serviço Social; e um de pós-graduação em Educação de Jovens e Adultos (EJA). As graduações estão distribuídas nas Unidades de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

 

Listar Todas Voltar