Weby shortcut
Youtube da UFG
TV UFG
Rádio Universitária
livro3

LEdoC da Regional Goiás lança livro sobre Buenolândia

Por weberson dias. Criada em 18/12/17 20:13. Atualizada em 18/12/17 20:15.

A Licenciatura em Educação do Campo (LEdoC) lançará em janeiro de 2018 o livro paradidático “Memórias e histórias: desvelando experiências em Buenolândia – GO”, organizado pela professora Geovanna de Lourdes Alves Ramos. A obra, que será lançada pela Virtual Books Editora com o ISBN 9788543411552 e de produção independente, é fruto do trabalho de seis estudantes da turma do 6o período, que por mais de 2 anos fizeram os levantamentos durante o Tempo Comunidade e relatam as experiências feitas a partir da disciplina.

 

livro3

Capa do livro a ser publicado em janeiro/2018.

 

O livro é dividido em duas partes. A primeira se ocupa em apresentar a história do povoado Buenolândia, antiga Barra – considerado marco zero do Estado de Goiás, com base em documentos históricos, trabalhos acadêmicos (dissertação e teses) e fontes coletadas no arquivo Frei Simão Dorvi. A última refere-se às informações obtidas junto aos sujeitos que residem no povoado há cerca de 6 décadas, como depoimentos e fotos antigas e atuais. O objetivo foi contextualizar a história região e a Escola Municipal Terezinha de Jesus Rocha, daquela comunidade, no lapso temporal que vai do século XVIII até os dias de hoje.

 

Durante as incursões do grupo ao povoado, foram realizados várias atividades, entre elas a encenação de uma peça que reconta a história local e oficinas de jornal (Confira o jornal clicando AQUI), junto aos estudantes, com fotos históricas e textos jornalísticos.

 

TEATRO1TEATRO2A

Registro do teatro realizado na comunidade.

 

Ensino-aprendizagem

Após a confecção das obras, o objetivo do grupo é dar uma devolutiva à escola a partir do lançamento do livro, em janeiro, naquela comunidade escolar. Segundo os estudantes, agora pesquisadores, o que mais motivou a obra foi a quase inexistência de fontes que contavam a história a partir do destaque da memória dos seus antigos moradores e o livro foi uma forma encontrada para dar uma devolutiva para a comunidade.

 

A estudante Jesiani Rodrigues, contou que, ao estabelecer um contato acadêmico com a comunidade, os estudantes do Ledoc da Regional chegaram inclusive a ser paraninfo numa formatura de uma das turmas da escola. Quanto à experiência do Tempo Comunidade, Jesiani destacou que durante o processo etnográfico da disciplina, ajudou o grupo a realizar o exercício constante da alteridade. “Ao chegarmos em um meio desconhecido, temos um impacto com a realidade da comunidade escolar: aluno que não comeu, não dormiu direito, não possui lápis, não tem um caderno… O Tempo Comunidade não nos oferece apenas informações, ela muda a gente como pessoa. Muda nossa forma de pensar e agir, muda também nossa forma de entender a necessidade do outro. O tempo comunidade não forma pessoas, mas muda a forma de pensar do ser humano, muda nós, como seres humanos”, apontou ela.

 

É o que pensa também o estudante Fernando Bastos, por ser uma comunidade invisibilizada para muitos, o livro vai contribuir para levantar a autoestima dos moradores locais ao reconhecerem, se identificar com suas histórias impressas nas páginas do livro. “O objetivo principal do livro é a valorização da história da comunidade a partir de sua própria memória. Ao se encontrar na obra, os moradores vão conseguir se projetar e entender a amplitude da trajetória deles. Queremos com isso, resgatar essa autoestima”, pontuou Bastos.

 

TEATRO3

Registro de parte do grupo de autores do livro. 

 

Nova visão

Segundo a professora Geovanna Ramos, em visita à Universidade Federal do Pará (UFPA), campus Abaetetuba, em agosto de 2017, como única representante da Região Centro-Oeste da Cátedra Paulo Freire, a docente anunciou o lançamento do livro como resultado final da disciplina Tempo Comunidade aos professores e estudantes da UFPA, que, na oportunidade, ficaram extasiados. “Eles ficaram maravilhados ao saber que o Ledoc lançará como trabalho final da disciplina Tempo Comunidade uma obra que subsidiará os estudos das séries iniciais da única escola da Barra, em Goiás. Afirmaram que ainda não tinham pensado nesta ideia para o curso de Educação do Campo paraense e partir desta ideia, abrem um novo olhar para os produtos do curso no Pará”, assegurou.

 

Autores

Assinam os artigos do livro Carlla Barbosa de Morais, Clarice Fernandes da Silva Neta Avelino, Erlane Gomes de Sá, Fernando de Bastos Ramos, Jesiani Leite Rodrigues e Muriel Aparecida de Bastos Cesario. Os estudantes pesquisadores também assinam junto o prefácio da obra.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte : Weberson Dias

Categorias : Noticias

Listar Todas Voltar